domingo, 2 de novembro de 2008

Pérolas do ENEM 2008


Para quem não sabe o ENEM é o Exame Nacional do Ensino Médio, vulgo 2º Grau. Esse ano a prova já aconteceu e como em todos os anos, surgiram pérolas. O tema da redação desse ano foi Aquecimento Global e não faltaram preciosidades.

01) “o problema da amazônia tem uma percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta.” (e levaram o disco da Xuxa onde ela canta “Brincar de Índio”)


02) “A amazônia é explorada de forma piedosa.” (…)


03) “Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta.” (o mundo tem mais um Capitão Planeta?)


04) “A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” (velocidade 5 do créu!)


05) “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” (pra deixar bem claro o tamanho da destruição)


06) “O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação.” (pleonasmo é lei!)


07) “Espero que o desmatamento seja instinto.” (…)


08) “A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo.” (os animais extintos também merecem uma cerveja para comemorar quando o ar estiver limpo)


09) “A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta.” (noffa)


10) “Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis.” (todo mundo na vida tem que ter um filho, escrever um livro, e realizar uma árvore renovável)


11) “Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” (esqueceu que também ficam sem o home theater e os dvd’s da coleção do Chaves)


12) “Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” (amém)


13) “Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza.” (e as renováveis?)


14) “A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica.” (deve ser culpa da morte ecológica)


15) “A amazônia tem valor ambiental ilastimável.” (ignorem, por favor)


16) “Explorar sem atingir árvores sedentárias.” (peguem só as que estiverem fazendo caminhadas e flexões)


17) “Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia.” (ÃHN?)


18) “Paremos e reflitemos.” (beleza)


19) “A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas.” (onde está o Guarda Belo nessas horas?)


20) “Retirada claudestina de árvores.” (caraulio!)


21) “Temos que criar leis legais contra isso.” (bacana)


22) “A camada de ozonel.” (Chris O’Zonnell?)


23) “a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” (a solução é colocar a o pessoal da Zorra Total pra cortar árvores)


24) “A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração.” (…)


25) “A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador, intenso e imperdoável.” (campeão da categoria “o mais enchedor de lingüiça”)


26) “Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação.” (NÃO!)


27) “Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises.” (gênio da matemática)


28) “A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes.” (red bull neles - dizem as árvores)


29) “O povo amazônico está sendo usado como bote expiatório.” (ótima)


30) “O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando.” (subindo!)


31) “Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc.” (…)


32) “Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” (que burragem)


33) “Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” (imaginem as que foram votadas no banheiro deles!)


34) “Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” (oh god!)


35) “O que vamos deixar para nossos antecedentes?” (dicionários)


36) “A fiscalisação tem que ser preservativa.” (lerê-lerê)


37) “Não podem explorar a Amazônia de maneira tão devassaladora.” (neologismo pra devastadora + avassaladora)


Fonte: Haznos

domingo, 26 de outubro de 2008

Fotos

Tayne, Isa, Paulinho e Weslley...


Tayne e Isa novamente...


Amandinha...


Lelê, Alana, Mayra...


Alana de novo...

Marcelo...



Elemantos não-identificados e que não estavam copiando dever!!!


... e a Dany, que nem tava dormindo na hora do recreio.

Vestibular

O UOL Vestibular pode ser uma ferramenta crucial para quem pretende prestar vestibular.
O site conta com notícias de universidades, resumos de matérias, dicas para o Enem, atualidades para as redações, e muito mais conteúdo.
Vale a pena acessar. Para isso basta clicar na imagem abaixo.

http://ve.i.uol.com.br/estacao_imagem50.gif

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Reforma ortográfica


Como funciona a reforma ortográfica do português


Em 1990, representantes dos oito países que falam português (Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Timor Leste) decidiram simplificar a grafia e unificar as regras. A implementação, no entanto, é lenta. É preciso que os países ratifiquem as mudanças como fez o Congresso Nacional brasileiro. Em 2007, o Ministério da Educação do Brasil começou a preparar as mudanças nos livros didáticos e pretende que elas estejam totalmente implantadas em 2009. As maiores resistências à reforma vieram de Portugal, justamente o país que deve ter mudanças mais significativas. Os portugueses só ratificaram o acordo em maior de 2008.

As tentativas de unificação ortográfica dos países lusófonos são antigas, datando do início do século 20. No Brasil, já houve duas reformas ortográficas em 1943 e 1971, ou seja, um brasileiro com mais de 65 anos vai passar por três reformas. Em Portugal, a última reforma aconteceu em 1945. E muitas diferenças entre Brasil e Portugal continuaram.

Há muita gente que rechaça a unificação, dizendo que há coisas mais importantes a fazer. Quem defende argumenta que o português é, das línguas mais faladas no mundo, a única que ainda não está unificada.

Veja quais as principais mudanças na ortografia. A maioria terá impacto no Brasil:

Fim do trema
O acento é totalmente eliminado. Assim, a palavra freqüente passa a ser escrita frequente.

Eliminação de acentos em ditongos

Acaba-se o acento nos ditongos “ei” paroxítonas. Assim, idéia vira ideia.
O acento circunflexo quando dois “os” ficam juntos também some. Assim, vôo vira voo.

Cai o acento diferencial
Aquele acento que diferenciava palavras homônimas de significados diferentes acaba. Assim, pára do verbo parar vai ficar apenas para.

Mudanças nos hifens
Sai a maioria dos hifens em palavras compostas. Assim pára-quedas vira paraquedas.
Quanto houver necessidade, será dobrada a consoante. Assim contra-regra vira contrarregra.
Será mantido o hífen em palavras compostas cuja segunda palavra começa com h como pré-história.
Em substantivos compostos cuja última letra da primeira palavra e a primeira letra da palavra são a mesma, será feita a introdução do hífen. Assim microondas vira micro-ondas.

Inclusão de letras
As letras antes suprimidas do alfabeto português (k, y e w) voltam, mas só valem para manter as grafias de palavras estrangeiras;

Fim das letras mudas
Em Portugal, é comum a grafia de letras que não são pronunciadas como facto para falar fato. Essas letras somem com a reforma.

Dupla acentuação
Há algumas diferenças de acentuação entre o Brasil e Portugal principalmente quando se fala do acento circunflexo e agudo. Assim, os brasileiros escrevem econômico e os portugueses, económico. Essa diferença foi mantida.


Como vai acontecer no Brasil?

No dia 29 de setembro de 2008, o presidente Luís Inácio Lula da Silva tornou oficial a introdução da reforma ortográfica no Brasil. De acordo com a resolução, a reforma entra em vigor em janeiro de 2009, mas as duas grafias (a antiga e a nova) continuarão valendo até dezembro de 2012. Ou seja, até lá as duas grafias valem no
vestibular nas provas de escolas nos.concursos públicos.

Não deixe de testar seus conhecimentos sobre o tema no Quiz oferecido pelo site
HowStuffWorks (fonte).

sábado, 11 de outubro de 2008

Crise no sistema financeiro


Nos últimos dias, as manchetes dos jornais têm sido dominadas pela crise financeira mundial. A cada dia as bolsas batem recordes de queda. Segunda-feira, 29 de setembro, a bolsa norte-americana perdeu 1.2 trilhões de dólares, depois que o Congresso rejeitou o plano do presidente George W. Bush e do secretário do Tesouro Hank Paulson – no valor de US$ 700 bilhões – que pretendia estabilizar os mercados comprando ativos hipotecários.

Ninguém entende ao certo o que está acontecendo no mercado financeiro e suas conseqüências. Há algum tempo, o mercado vem passando por turbulências que muitos chamaram de ajustes à era do crédito fácil. No dia 22 de fevereiro de 2008, o banco inglês Northern Rock foi a primeira grande vítima da crise econômica tendo sido nacionalizado pelo governo britânico.

Os baixos juros e o crédito fácil foram responsáveis, em parte, pela bolha imobiliária norte-americana e os recentes aumentos nos juros impostos pelo Fed (Banco Central norte-americano) diante da ameaça da inflação, causaram problemas a uma parcela da população. Muitas seguradoras e bancos, sem exigir garantias suficientes ou sequer comprovação de renda, concederam financiamentos para compra de imóveis. Com o aumento dos juros, alguns devedores não conseguiram quitar os empréstimos o que resultou em prejuízo às instituições financeiras e à economia.

O fato de ninguém saber ao certo qual banco possui liquidez o suficiente para sobreviver à crise provoca a diminuição dos empréstimos entre os próprios bancos, sem contar que estes se tornaram ainda mais raros por conta do aumento dos juros.

Um problema causado pela turbulência financeira é que quando um banco é tomado por rumores de falência, os depositantes retiram boa parte de seu dinheiro. Desse modo, por exemplo, um banco até então reconhecido como “seguro”, torna-se ameaçado pela redução do seu volume de dinheiro sem diminuir os empréstimos por ele feitos; logo, os bancos passam a ter ou a mesma quantidade de dívidas e de dinheiro disponível, ou uma maior quantia de dívidas.

Diversos bancos e seguradoras foram resgatados por seus respectivos governos, ou foram vendidos a outros bancos, ou ainda receberam dinheiro do governo sem, no entanto terem sido nacionalizados: Northern Rock, AIG, Fannie Mae, Freddie Mac, Wachovia e Fortis.

A questão que ecoa atualmente é: por que os governos, mais especificamente os contribuintes, deveriam pagar pelos erros dos bancos e dos mercados em um sistema capitalista que defende a não-intervenção? O grande problema é que não intervir traria riscos ainda maiores a empresas e pessoas, pois se os bancos forem à falência a economia não sairá imune, e o mercado financeiro já deu sinais disso nessas últimas semanas...

sábado, 4 de outubro de 2008

Ilusão de ótica

Quantos círculos você consegue ver nesta imagem?




MOISÉS: E Deus desceu dos céus e disse: façam-se os círculos. E os círculos foram feitos e todos se regozijaram.

FREUD: O fato de estares contando círculos revela a tua insegurança sexual.

BILL GATES: Acabo de lançar o Windows 2009 com janelas redondas.

DARWIN: Ao longo de grandes períodos de tempo, os círulos têm sido selecionados naturalmente de modo que agora tem uma disposição genética a aparecerem onde só havia quadrados.

EINSTEIN: Se há círculos nos quadrados ou quadrados nos círculos depende do ponto de vista.

DORIVAL CAYMMI: - Eu acho (pausa)… Ô Amália, (pausa) vai lá ver quantos circulos tem (pausa) na imagem pra mim, minha filha.

LULA: Há circulos na imagem? Eu não sabia de nada!

PADRE MARCELO: Erguei as mãos, o círculo é nosso irmão…

CLODOVIL: Eu vou ser honesto com vocês. Geeeente, é uma coisa linda esse negócio dos círculos nesta imagem, não é mesmo??

SURFISTA: Os círculos na imagem, cara. Bicho manêêro. Demaaaaais…

MACONHEIRO: Mó viagem, estes círculos na imagem!

MÔNICA LEWINSCK: Hummmm…??!

CEBOLINHA: Tlinta e tlês cílculos.

BEETHOVEN: Hein?? O quê?? Dá pra falar mais alto!?

STEVE WONDER: Não vi nenhum círculo.

WALTER MERCADO: Vedjo mutchos circulos de sucesso nesta imagem. Para zaber quantos, ahora: liguê djá!!

DERCY GONÇALVES: Quero que a p$*%@!a desses círculos vão pra a PQP!

MALUF: Não tenho nada a ver com estes círculos. Pergunte ao Pitta.

TELETUBBIES: O círculo!! hi hi hi ! O círculo! O círculo! O círculo!!! Na imagem, hi hi! Na imagem! É! Na imagem…!! Óóóóóóóó…! Na imagem! (DE NOVO)

DEPOENTE NA CPI: Instruídos pelos meus advogados, nada tenho a declarar sobre os círculos.

sábado, 20 de setembro de 2008

Gabarito do Simulado